Sobre a ABIO

A Associação Brasileira das Imprensas Oficiais (Abio) foi fundada em 09 de maio de 1943 e representa o conjunto das organizações governamentais dentro da estrutura federativa brasileira, responsáveis pela publicação dos atos oficiais dos diversos níveis de governo.

Com sede administrativa em São Paulo e composta atualmente por 17 organizações associadas, constitui-se como pessoa de direito privado, com interesse direto no aperfeiçoamento da prestação de um serviço público essencial, qual seja: a produção, a publicação, o tratamento, a preservação e a integridade dos atos oficiais.

Também estão entre as finalidades da Abio a de fomentar a inovação e o aprimoramento tecnológico entre associadas; promover o intercâmbio de informações técnicas, jurídicas e financeiras; promover eventos e o relacionamento com órgãos governamentais.

Apresentação

Nas últimas décadas fomos atropelados por uma verdadeira revolução tecnológica, só comparada com a Revolução Industrial do século XVIII. Passamos por grandes transformações e incorporamos conceitos e termos jamais imaginados. Palavras ganharam novos significados e, o que antes só víamos em filmes de ficção científica, hoje já é realidade.

Junto com a tecnologia, chegaram também novos desafios, que exigem a transformação constante de negócios e a atualização de procedimentos, que há muitos anos faziam parte da nossa cultura organizacional e do nosso modo de atuar.

Valores como transparência, ética, acesso à informação de qualidade, ampla divulgação de atos da administração pública, de órgãos públicos e privados ganharam ainda mais importância nesse ambiente de intensa transformação.

É neste cenário que as Imprensas Oficiais, que historicamente desempenham um papel fundamental para o cidadão brasileiro, com agilidade e transparência, zelando pela guarda de todos os atos da administração pública e balanços comerciais das empresas, por meio da publicação dos Diários Oficiais, tem um grande caminho a trilhar.

Em tempos de discussão sobre a perenidade das informações, em uma sociedade estimulada diariamente por novas tecnologias e inovações, precisamos debater exaustivamente nossos modelos de negócio, buscando melhorias para torná-los cada vez mais produtivos e adequados às realidades e necessidades de cada Estado.

Mas o desafio não para por aí. Como presidente da Associação Brasileira de Imprensas Oficiais (Abio) pretendo firmar parcerias e manter os estados alinhados na busca de soluções que tornem nossas instituições ainda mais acessíveis para todos.

Neste sentido, a troca de experiências entre as Imprensas Oficiais será fundamental para pensarmos a gestão pública responsável e comprometida com o atendimento de qualidade ao cidadão.

Os desafios são muitos, mas tenho certeza que juntos vamos avançar no caminho da inovação, tendo sempre em mente a importância das Imprensas Oficiais na construção de uma sociedade cada vez mais ética e democrática.

Na presidência, espera contribuir com ações que objetivem dar maior visibilidade à atuação da Abio, hoje composta por 17 associados representativos de todas as regiões do país. Uma das principais pautas está centrada na Lei 13.818/2019, que passou a vigorar em 1º de janeiro de 2022, desobrigando empresas de sociedades anônimas a publicarem suas demonstrações financeiras nos Diários Oficiais.

Ricardo Melo

Presidente

Integrantes

Ricardo Melo

Presidente
(Pernambuco – PE)

André Arruda

Vice-Presidente
(São Paulo – SP)

Roberto Britto

Secretário Geral
(Bahia – BA)

Leonardo Francesshi

Diretor Regional
Sul
(Paraná – PR)

Lindomar Gomes

Diretor Regional
Sudeste
(Espirito Santo – ES)

Roberto Sarto

Diretor Regional Centro Oeste
(Mato Grosso – MT)

Naná Garcez

Diretora Regional Nordeste
(Paraíba – PB)

José Panzera

Diretor Regional
Norte
(Pará – PA)

Milton Alves

Conselho Fiscal
(Aracaju – SE)

Tereza Fialho

Conselho Fiscal
(São Luiz – MA)

Antônio Dias

Conselho Fiscal
(Manaus- AM)

Samir Maalouf

Secretário Executivo
(São Paulo – SP)